Kassab nega motivação eleitoral para homenagens

Em flerte com o PT e o PSDB, o prefeito de São Paulo e presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, negou ontem haver algum interesse eleitoral na homenagem que fará no dia 25 de janeiro à presidente Dilma Rousseff (PT) e ao governador Geraldo Alckmin (PSDB).

O Estado de S.Paulo

17 de janeiro de 2012 | 03h05

Os dois vão receber, ao lado de outros homenageados, inclusive Fernando Henrique Cardoso, a Medalha 25 de Janeiro. "É uma homenagem estabelecida ao longo dos anos. É a cidade de São Paulo, e não um partido ou uma gestão (que prestam a homenagem)", explicou o prefeito, que vem ensaiando uma aproximação com o PT paulistano, mas sem abrir mão das negociações com o PSDB para uma aliança na eleição municipal. Em conversa recente com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o prefeito sugeriu que um nome do PSD possa integrar, como vice, a chapa do ministro da Educação, Fernando Haddad.

A medalha será entregue durante as comemorações do 458º aniversário da capital paulista, na próxima semana. A honraria, entregue no ano passado ao ex-vice-presidente José Alencar, é concedida anualmente a personalidades em reconhecimento ao mérito pessoal e a bons serviços prestados à cidade.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso entrou na lista porque, lembrado no ano passado, não recebeu por estar em viagem ao exterior. Kassab afirmou que a Prefeitura já homenageou o ex-governador de São Paulo José Serra e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2010. Na época, o prefeito ainda era filiado ao DEM. "Eu homenageei o presidente Lula e nem estava no PSD", disse.

A oferta de um nome de seu novo partido como vice de Haddad, numa dobradinha PT-PSD, foi feita pelo prefeito, a Lula, no último dia 4. Na sexta-feira passada, o ex-presidente confirmou a oferta de Kassab, durante conversa com vereadores petistas e sugeriu que o partido discuta o assunto. / DAIENE CARDOSO, DA AGÊNCIA ESTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.