Kassab diz que foi ao Planalto falar de dívida

O prefeito Gilberto Kassab negou ontem que a presidente Dilma Rousseff tenha pedido a ele apoio para convencer parlamentares do PSD a aprovarem o projeto de reforma do Código Florestal, já aprovado pelos senadores e que agora tramita na Câmara. "A presidenta Dilma me recebeu (quinta-feira) a meu pedido. Eu fui apenas entregar um caderno de estudos da dívida da Prefeitura de São Paulo junto à União."

ARTUR RODRIGUES, O Estado de S.Paulo

25 de março de 2012 | 03h06

Conforme relatos de interlocutores, o Planalto sondou o prefeito sobre a possibilidade de a bancada do PSD votar o código de acordo com a proposta do governo. Kassab afirmou a Dilma, segundo esses relatos, que não tem como garantir uma posição do partido por causa da forte presença de ruralistas na bancada.

O prefeito afirmou ontem que, durante o encontro, ele apenas entregou o caderno e deu um "abraço rápido" em Dilma. Segundo ele, o assunto já vinha sendo tratado com a presidente, que pediu que ele procurasse o ministro Guido Mantega (Fazenda). "Tive algumas reuniões com o ministro. Os estudos ficaram prontos mostrando a evolução da dívida nos últimos anos e ela foi muito gentil ao me receber."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.