Kassab diz que é cedo para comemorar eventual 2º turno

Prefeito assiste ao desfile cívico do Dia da Independência e fala em otimismo após empate técnico com Alckmin

Yolanda Fordelone, da Agência Estado,

07 de setembro de 2008 | 14h10

O prefeito de São Paulo e candidato à reeleição, Gilberto Kassab (DEM), disse considerar prematuro comemorar o empate técnico com o candidato Geraldo Alckmin (PSDB), na pesquisa Datafolha divulgada no sábado, que o levaria a um eventual segundo turno. "É muito cedo para eu afirmar algo sobre o segundo turno, mas a expectativa é de muito otimismo", afirmou o prefeito, após assistir ao desfile cívico do Dia da Independência, no Sambódromo (zona norte de São Paulo). O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), também assistiu ao desfile, mas evitou fazer qualquer comentário para a imprensa.   Veja também: Corpo-a-corpo marca agenda de candidatos Datafolha mostra Alckmin e Kassab empatados Especial tira dúvidas sobre as eleições    Veja as regras para as eleições municipais   A pesquisa Datafolha apontou a candidata Marta Suplicy (PT) na liderança, com 40% das intenções de voto. Em seguida aparecem Alckmin, com 22%, e Kassab, com 18%. Como a sondagem possui uma margem de erro de 3 pontos porcentuais, tecnicamente o candidato tucano está empatado com o democrata. No histórico de quatro pesquisas anteriores, Kassab estava em terceiro lugar.   Segundo Kassab, mais do que o empate técnico, o que o surpreendeu foi o nível de rejeição, que caiu de 26% para 24%. "Continuaremos com uma campanha propositiva, lançando propostas e desafios aos outros candidatos", comentou o candidato, referindo-se aos embates de campanha que vem tendo com Marta Suplicy. "Ela governou a cidade há apenas quatro anos. É natural a comparação dos governos", completou.   Segundo a assessoria de Alckmin, ele não foi ao desfile por se tratar de um ato de agenda de governantes, e não de candidatos em campanha.   Debate   Após o desfile, o prefeito Kassab seguiu para a Vila Prudente, para inaugurar um comitê de campanha. Antes de deixar o Sambódromo, Kassab confirmou a sua presença na segunda-feira no BandDebate, um projeto da TV Bandeirantes e o Instituto Cidadão, Responsável e Atuante (CRIA) que leva os principais candidatos a auditório de escolas para responder perguntas de alunos e apresentar propostas. O evento está marcado para as 19h45.

Tudo o que sabemos sobre:
Kassabeleições 20087 de setembro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.