Justiça proíbe PT de exibir novela no comício de Pelegrino em Salvador

A Justiça Eleitoral na Bahia proibiu o PT de retransmitir, por telões, o último capítulo da novela Avenida Brasil, hoje, no comício no bairro de Cajazeiras, no qual o candidato Nelson Pelegrino estará acompanhado da presidente Dilma Rousseff. Os telões seriam instalados para que a novela pudesse ser mostrada também aos eleitores do bairro suburbano, com cerca de 650 mil habitantes. Tudo para que quem não conseguisse voltar para casa a tempo pudesse assistir o folhetim, o que também garantiria maior quorum de eleitores no evento. A decisão foi tomada pela juíza eleitoral Ana Conceição Guimarães Ferreira, em ação movida pela coligação que apoia o candidato Antonio Carlos Magalhães Neto (DEM). Na ação, com pedido de liminar, os advogados de ACM Neto alegaram que a exibição caracterizaria um "showmício", proibido pela lei eleitoral. A magistrada concordou. E determinou às Polícias Militar e Federal que compareçam ao evento para verificar se lei estará sendo cumprida. / JOÃO DOMINGOS

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.