Justiça Eleitoral ouve Kassab sobre caso dos e-mails

O prefeito da capital paulista e candidato à reeleição, Gilberto Kassab (DEM), esteve hoje no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) para prestar depoimento a respeito da ação judicial eleitoral, que apura abuso do poder político. No dia 23 de julho, o prefeito enviou e-mail aos subprefeitos da cidade pedindo que fossem feitas ações nos locais onde seria realizada uma pesquisa eleitoral de campo pelo Instituto Datafolha. Kassab compareceu espontaneamente e foi ouvido pelo juiz da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, Marco Antonio Martin Vargas. Segundo informações do TRE-SP, o processo, que pretende a cassação do registro de Kassab à reeleição pela coligação "São Paulo no Rumo Certo" (DEM-PR-PMDB-PRP-PV-PSC), foi proposta pela coligação "Uma Nova Atitude para São Paulo" (PT-PRB-PTN-PCdoB-PSB-PDT), da candidata Marta Suplicy. Outra ação sobre o mesmo tema foi oferecida pelo candidato a prefeito Ivan Valente, da coligação "Alternativa de Esquerda para São Paulo" (PSOL-PSTU). O juiz marcou para 10 de setembro os depoimentos de seis subprefeitos e da jornalista Renata Lo Prete, do jornal Folha de S.Paulo, todos arrolados como testemunhas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.