Justiça anulou outras ações

A polêmica em torno da Monte Carlo tem dois grandes precedentes na história recente da corrupção no Brasil: as operações Satiagraha, de 2004, e Castelo de Areia, de 2009 - ambas desmanteladas em sua fase final, acusadas de irregularidades. A primeira, que chegou a prender o banqueiro Daniel Dantas, parou porque o delegado Protógenes Queiroz usou indevidamente agentes da Abin. A Castelo de Areia, porque sua investigação estava baseada em denúncia anônima.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.