Julgamento leva caravana de amigos e parentes a fórum

De bolsa Hermès e casaco de veludo preto, a noiva de Carlinhos Cachoeira, a já intitulada musa da CPI Andressa Mendonça, comandou ontem a caravana de parentes e amigos do contraventor que se acotovelaram no Fórum do Distrito Federal para acompanhar o julgamento do habeas corpus.

O Estado de S.Paulo

22 de junho de 2012 | 03h07

Frenética ao celular, disparando torpedos a todo momento, Andressa reclamava cada vez que Cachoeira era citado pelos magistrados como um criminoso, sendo acompanhada pelo séquito goiano presente ao julgamento.

Irritada com a descrição das atividades criminosas de Cachoeira feita pelo Ministério Público, Andressa teve, digamos, um "piti", e foi socorrida por um prestativo auxiliar, que lhe ofereceu água com açúcar.

Foi o suficiente para que a loira, que passou longe de qualquer modelito sensual e optou por uma sóbria calça preta, recuperasse o comando do grupo.

Ao ouvir o segundo voto que manteve a prisão de Cachoeira, ela levantou reclamando: "É um absurdo". Foi seguida por todos os parentes, que passaram praticamente todo o julgamento de mãos dadas e rezando. / A.R.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.