Julgamento de Dirceu ocorrerá às vésperas da eleição

Uma mudança de última hora deixou para as vésperas da eleição municipal o julgamento do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu pelo Supremo Tribunal Federal. Acusado de corrupção ativa e formação de quadrilha, Dirceu é o elo entre o esquema do mensalão e o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O Estado de S.Paulo

20 de setembro de 2012 | 03h11

O relator do processo, ministro Joaquim Barbosa, atendeu a uma sugestão dos demais ministros e deixou para a semana que vem o julgamento dos réus acusados de serem os corruptores e responsáveis pela compra de votos no Congresso: José Dirceu, o ex-presidente do PT José Genoino e o ex-tesoureiro da legenda Delúbio Soares.

O andamento das sessões jogará para a semana pré-eleitoral a conclusão do julgamento dos réus mais caros ao PT. O primeiro turno das eleições está marcado para 7 de outubro. A proximidade da data do julgamento com as eleições municipais pode ter impacto na atuação do ex-presidente Lula na campanha de Fernando Haddad em São Paulo. / MARIÂNGELA GALLUCCI, EDUARDO BRESCIANI, FELIPE RECONDO, RICARDO BRITO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.