Juíza proíbe pela 2ª vez pesquisa em Rio Branco

A juíza da 1.ª Zona Eleitoral, Maha Kouzi Manasfi e Manasfi, acatou pedido do Ministério Público Eleitoral e impugnou pesquisa Ibope/Rede Amazônica em Rio Branco. A promotoria alega que os questionários oferecem ao cidadão opções que polarizam entre Marcus Alexandre (PT) e Tião Bocalom (PSDB). Esta é a segunda pesquisa Ibope/Rede Amazônica que tem a divulgação proibida. Na de agosto a juíza alegou que o Ibope induzia o leitor a fazer avaliação das administrações petistas. / ITAAN ARRUDA, ESPECIAL PARA O ESTADO

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.