Juiz acusado de fabricar multas é preso na Paraíba

A Polícia Federal prendeu ontem o titular do 2º Juizado Especial Misto do Bairro de Mangabeira, em João Pessoa, José Edvaldo Albuquerque, o delegado Edilson de Araújo de Carvalho, os advogados Cícero de Lima Souza, Eugênio Vieira Almeida, Glauber Lessa Feitosa e Dino Gomes Ferreira, dois funcionários da Justiça paraibana e outras duas pessoas. Eles são acusados de fabricar multas judiciais. Segundo o corregedor do Tribunal de Justiça da Paraíba, Márcio Murilo Ramos, será aberto um processo para que Edvaldo possa se defender. O desembargador vai pedir o imediato afastamento do juiz, que nega as acusações.  A PF apreendeu na casa de Edvaldo R$ 400 mil em alvarás contra empresas.  / ADELSON BARBOSA DOS SANTOS, ESPECIAL PARA O ESTADO

O Estado de S.Paulo

19 Abril 2013 | 02h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.