Jovem é assassinado em fila de votação no RN

Robson Diego de Moura Soares, de 20 anos, foi baleado enquanto aguardava para votar; autor dos disparos conseguiu fugir

Anna Ruth Dantas e Victor Martins, especial para o Estado de S. Paulo

26 de outubro de 2014 | 11h54

NATAL - Um crime ocorreu na fila de votação de uma seção eleitoral na cidade de Mossoró, segundo maior colégio eleitoral do Rio Grande do Norte e distante 280 quilômetros da capital potiguar. Robson Diego de Moura Soares, conhecido como Robinho, 20 anos, foi executado enquanto aguardava para votar.

Ocorreu tumulto no local no momento dos disparos, mas não houve outras vítimas. O criminoso conseguiu fugir. Segundo o relato de testemunhas, um homem entrou na escola, foi até a seção onde estava Robson Diego e fez diversos disparos. O jovem morreu no local.

A polícia ainda não tem pistas do assassino. O jovem que morreu respondia a dois processos por porte ilegal de arma.  

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Dias Toffoli, afirmou que a morte do jovem não tem relação com as eleições. Segundo Tofolli, ele não votava no local onde foi morto e estava fugindo de uma perseguição. O ministro informou que o caso está sendo investigado. 

Tudo o que sabemos sobre:
EleiçõesMossoróRN

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.