Pedro Venceslau / Estadão
Pedro Venceslau / Estadão

Josué Gomes é excelente nome para vice de Alckmin nas eleições, diz Kassab

Empresário foi apresentado como candidato a vice de Alckmin pelo PR nas negociações que levaram o Centrão a apoiar o PSDB

Pedro Venceslau e Marcelo Osakabe, O Estado de S.Paulo

20 de julho de 2018 | 12h39

 Presidente nacional do PSD, o ministro das Comunicações, Gilberto Kassab, disse nessa sexta-feira,20, que seu partido não reivindica a vaga de vice na chapa de Geraldo Alckmin (PSDB) na disputa pelo Palácio do Planalto. O posto deve ficar com o empresário Josué Gomes, do PR, filho do ex-vice-presidente José Alencar.  "É um excelente nome" , afirmou o ministro.

Kassab participa na manhã de hoje do evento de lançamento do deputado federal Rodrigo Garcia (DEM) como candidato a vice de João Doria (PSDB) na disputa pelo governo paulista.

O empresário Josué Gomes foi apresentado como candidato a vice de Alckmin pelo PR. A sugestão foi acatada pelos demais partidos do Centrão, bloco de partidos que negocia em bloco nos bastidores. 

A decisão do Centrão - grupo de partidos que reúne também o DEM, o PP, o Solidariedade e o PRB - de apoiar o PSDB foi comemorada entre os tucanos. A estratégia de Alckmin sempre passou por atrair o maior número de partidos para sua aliança e, sim, garantir tempo extra na propaganda eleitoral na TV e no rádio.

Em reunião ontem com dirigentes do bloco, Alckmin – que preside o PSDB – se comprometeu a fazer consultas nos Estados para que o partido diminua o número de candidatos aos governos e apoie concorrentes do bloco. Hoje, a sigla tem entre 13 e 15 nomes próprios. No Rio, por exemplo, o PSDB deve agora fazer aliança com o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.