Jornalismo investigativo encerra congresso em SP

Com palestra do americano David Carr sobre suas experiências como repórter e colunista do The New York Times, termina hoje em São Paulo o 7.º Congresso da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji). O moderador será Rosental Calmon Alves, do Knight Center, do Texas. Carr escreve a coluna Equação de Mídia, para a seção de negócios, em que trata questões de mídia, e é repórter de cultura do Times.

DÉBORA ÁLVARES, O Estado de S.Paulo

14 de julho de 2012 | 03h05

Para um dos fundadores da Abraji, idealizador do primeiro congresso em 2005 e diretor da Sucursal do Estado no Rio de Janeiro, Marcelo Beraba, o ponto alto da edição foi a homenagem ao jornalista Janio de Freitas, que completa 80 anos. Em seu discurso, Freitas ressaltou: "A quantidade de pessoas que estão aqui demonstra um interesse pelo jornalismo que é estímulo para quem passou grande parte da vida brigando pelo bom jornalismo".

Uma das palestras mais concorridas de ontem foi "Uso de câmera oculta na reportagem investigativa", de Eduardo Faustini, da TV Globo. Outra que despertou bastante interesse foi a que tratou de pesquisas eleitorais, por Mauro Paulino, do DataFolha, e Márcia Cavallari, do Ibope, e mediação de José Roberto de Toledo, do Estado e vice-presidente da Abraji. Também ontem, Leonencio Nossa, do Estado em Brasília, lançou seu livro Mata!, sobre a Guerrilha no Araguaia.

Para hoje são aguardados em debates e palestras Marcelo Godoy, Luis Fernando Bovo, Fernando Gallo, José Paulo Kupfer, David Friedlander, Leandro Modé e Margot Pavan, todos jornalistas do Estado, com mediação de Toledo e Beraba.

Em 2013, o evento será na PUC-RJ, entre 12 e 15 de outubro, em parceria com a Global Investigative Journalism Conference e com o Instituto Prensa y Sociedad, do Peru, que trará ao País a Conferência Latino Americana de Jornalismo Investigativo (Colpin).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.