DANIEL TEIXEIRA/ESTADAO
DANIEL TEIXEIRA/ESTADAO

João Doria é eleito prefeito de São Paulo

É a primeira vez que uma eleição na capital paulista é decidida ainda em primeiro turno; brancos e nulos totalizaram 5,29% e 11,35%, respectivamente

José Roberto Gomes, O Estado de S.Paulo

02 de outubro de 2016 | 20h40

SÃO PAULO - O candidato do PSDB à prefeitura de São Paulo, João Doria, foi eleito para o cargo neste domingo. Com 100% dos votos apurados, ele teve 53,29% dos votos válidos. Em segundo lugar ficou o atual prefeito, Fernando Haddad (PT), com 16,70%. Na sequência aparecem Celso Russomanno (PRB), com 13,64%, Marta (PMDB), com 10,14%, e Luiza Erundina (PSOL), com 3,18% dos votos. Brancos e nulos totalizaram 5,29% e 11,35%, respectivamente.

O tucano foi parabenizado pelos adversários e disse, em entrevista à Globo News, que vai governar para todos. "Como um gestor correto, decente e honesto", afirmou Doria. "Quero muito o apoio das pessoas."

É a primeira vez que uma eleição na capital paulista é decidida ainda em primeiro turno. Em 1988, Luiza Erundina chegou a desbancar Paulo Maluf em turno único, sem segunda votação. Naquele mesmo ano, porém, foi promulgada a atual Constituição Federal, que trouxe muitas das regras que ainda vigoram no País, como dois turnos nas maiores cidades e as idades em que o voto é obrigatório.

A disparada de Doria nas pesquisas foi captada pelas últimas sondagens, mas havia a expectativa de um segundo turno, com Russomanno, Haddad ou Marta tecnicamente empatados em segundo lugar, pela margem de erro. O mais recente levantamento do Ibope/Estadão/TV Globo mostrou que as intenções de voto estavam em 30% para o candidato do PSDB, 20% para o do PRB, 16% para a do PMDB, 13% para o do PT e 5% para a do PSOL.

Com o resultado, o PSDB assume a prefeitura da capital pela segunda vez. José Serra já havia comandado a cidade entre janeiro de 2005 e março de 2006.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.