J&F desiste de compra

Na sexta-feira, a J&F Participações desistiu de comprar a Delta Construções. O anúncio foi feito menos de um mês depois de a holding assumir a direção da empreiteira. O presidente da J&F, Joesley Batista, alegou que o principal motivo da desistência foi a "crise de confiança e credibilidade" gerada pela investigação da CPI que apura os negócios do contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, com políticos e a suspeita de ligação da Delta no esquema.

O Estado de S.Paulo

03 de junho de 2012 | 03h10

Segundo Batista, a Delta vem sofrendo com atraso de pagamentos da ordem de 30% da receita média da empresa - a queda seria de R$ 200 milhões para R$ 140 milhões.

A Delta afirmou que a empresa continuará sob a administração anterior, com esforços para cumprir os compromissos assumidos. A empresa enfrenta processo na Controladoria-Geral da União (CGU) e, se for declarada inidônea, será impedida de celebrar contratos com o poder público.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.