Internet deve ser a mídia da esquerda, defende o petista

A internet deve ser a mídia da esquerda, ensinou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a dirigentes partidários da América Latina ontem, "Com a internet, do jeito que ela funciona, temos a capacidade de ter a nossa própria mídia", afirmou o petista.

O Estado de S.Paulo

03 de agosto de 2013 | 02h06

"Não é possível imaginar que um jornal de 10, 15 mil exemplares vai permitir que a gente fale o que pensa para milhões de pessoas, mas através da internet a gente pode chegar a milhões de pessoas sentadas nos sofás de suas casas se a gente assumir a responsabilidade de fazer", disse. "Precisamos criar nossos instrumentos de comunicação", insistiu o presidente de honra do PT. Desde o julgamento do mensalão Lula tem estimulado as centrais sindicais a criarem suas próprias mídias. Ontem, disse que elas não aproveitam nem 0,5% do potencial que têm de atuar na internet. / F.G.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.