Instituto Contato e deputado negam irregularidades

Em nota enviada pela sua assessoria de imprensa, o Instituto Contato limitou-se a informar que nega todas as acusações do empresário João Batista Vieira Machado, dono da JJ Logística, e que ratifica sua idoneidade. A entidade diz estar à disposição dos órgãos de fiscalização para prestar qualquer informação.

O Estado de S.Paulo

12 de novembro de 2012 | 02h08

Questionado por que um parlamentar do Rio de Janeiro solicitou à Câmara dos Deputados passagens áreas para um assessor viajar a Santa Catarina, o deputado federal Dr. Paulo Cesar (PSD-RJ) argumentou que seus auxiliares costumam viajar para outros Estados para ajudá-lo a dialogar com setores interessados em projetos. Não soube explicar, no entanto, por que mandou José Renato Fernandez Rocha cinco vezes consecutivas a Santa Catarina. Fernandez Rocha foi exonerado do gabinete em fevereiro do ano passado. "Precisei da vaga dele", explicou o deputado. Desde o início da tarde de sexta-feira, o Estado tenta contato com Fernandez Rocha. Ele chegou a atender a uma chamada, mas disse que só poderia falar mais tarde. Desde então, ele não responde aos recados. / A.J.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.