Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

'Indicação de Josué me honra muito', diz Alckmin

Em entrevista, o pré-candidato do PSDB disse que não sabe ainda quem será o vice em sua chapa

Marcelo Osakab, O Estado de S.Paulo

23 de julho de 2018 | 23h09

O pré-candidato à Presidência pelo PSDB nas eleições 2018, Geraldo Alckmin, deixou aberta nesta segunda-feira, 23, a possibilidade de que o empresário Josué Gomes (PR), indicado pelos partidos do centrão para ser seu vice nessa campanha, possa não ser efetivado no registro da chapa até 15 de agosto.

Em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, o tucano disse que não sabe ainda quem será o vice em sua chapa, mas que ficou “honrado” com a indicação, pelo centrão, de Josué. “Se ele (Josué) for o nome, ótimo. Se não, vamos escolher juntos, essa é uma construção que vai ser feita ainda”, disse.

O nome de Josué foi indicado a Alckmin na semana passada, após este fechar o apoio com as cinco legendas do Centrão — DEM, PP, PR, PRB e Solidariedade.

O tucano teve uma conversa nesta segunda-feira com Josué e o presidente do PR, Valdemar da Costa Neto, em São Paulo. Porém, segundo o líder do PR na Câmara, José Rocha (BA), que conversou com Valdemar após o encontro, este teria lhe dito que a conversa não foi conclusiva e que Josué teria afirmado ao tucano que não traz votos à chapa e que o ex-governador podia ficar à vontade para procurar um nome para o posto de vice que acrescente eleitoralmente. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.