Incra entrega documento que reconhece terras de quilombolas

No texto, governo federal declara como de direito deles território de uma área de 410 heracteres em Alagoas

Roldão Arruda, de O Estado de S.Paulo

09 de outubro de 2008 | 18h47

Com danças de reisado e um almoço com feijão tropeiro, os quilombolas da Comunidade de Povoado Tabacaria, em Alagoas, comemoraram nesta quinta-feira, 9,  o recebimento de uma cópia do documento em que o governo federal reconhece e declara como território deles uma área de 410 hectares. As 89 famílias do lugar viviam até agora num pequeno lote de 1 hectare.      Leia a íntegra da matéria na edição de sexta-feira, 10, de O Estado de S.Paulo.   Diretores do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) foram até a comunidade, na zona rural do município de Palmeira dos Índios. O próximo passo será a desapropriação das áreas declaradas como parte do quilombo: três fazendas de médio porte dedicadas à criação de gado.

Tudo o que sabemos sobre:
índioseleições 2008

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.