Marcos de Paula/Estadão
Marcos de Paula/Estadão

Ibope Rio: Paes oscila para 26%; Romário sobe para 19%

É o primeiro levantamento sem o nome do ex-governador Anthony Garotinho, que teve candidatura barrada pelo TSE

Mateus Fagundes, O Estado de S.Paulo

03 Outubro 2018 | 20h03

As intenções de voto do candidato do DEM ao governo do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, oscilaram de 24% para 26%, de acordo com o Ibope. Este é o primeiro levantamento sem o nome do ex-governador Anthony Garotinho (PRP), que marcou 16% na pesquisa anterior, mas teve a candidatura barrada pelo TSE.

Na segunda colocação aparece o senador Romário Faria (Podemos), que passou de 16% para 19%. Indio da Costa (PSD) subiu de 6% para 10% e Wilson Witzel (PSC) cresceu de 4% para 7%.

Tarcísio Motta (PSOL) oscilou de 4% para 6%, Marcia Tiburi (PT) foi de 3% para 5% e Pedro Fernandes (PDT) passou de 2% para 3%.

Permaneceram com o mesmo índice da semana anterior Marcelo Trindade (Novo), com 2%, André Monteiro (PRTB), com 1%, Dayse Oliveira (PSTU), também com 1%, e Luiz Eugenio (PCO), que não pontuou.

Votos brancos e nulos oscilaram de 17% para 15%, enquanto os indecisos permaneceram em 5%.

Pela primeira vez, o Ibope divulgou a estimativa de votos válidos para primeiro turno, quando se excluem os brancos e nulos. Por este critério, a ordem ficaria assim:

- Eduardo Paes (DEM): 33%

- Romário Faria (Podemos): 24%

- Indio (PSD): 13%

- Wilson Witzel (PSC): 9%

- Tarcísio Motta (PSOL): 7%

- Marcia Tiburi (PT): 6%

- Pedro Fernandes (PDT): 3%

- Marcelo Trindade (Novo): 2%

- André Monteiro (PRTB): 1%

- Dayse Oliveira (PSTU): 1%

- Luiz Eugenio (PCO): 1% 

Simulações para segundo dá vantagem a Paes 

O Ibope também apresentou a simulação de um cenário para o segundo turno. Nela, Paes teria 40% e Romário, 33%. Brancos e nulos são 23% e indecisos, 3%.

A margem de erro da pesquisa é de dois pontos porcentuais e o nível de confiança, 95%. Foram ouvidos 2.002 eleitores entre 30 de setembro e 2 de outubro. O registro no TRE é o RJ-04634/2018 e no TSE é o BR-02726/2018. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pela Editora Globo, que edita o jornal O Globo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.