HAP diz que custo de projeto em BH foi reduzido

A construtora HAP Engenharia alegou ontem que o contrato firmado com a prefeitura de Belo Horizonte para projeto no Aglomerado Morro das Pedras sofreu redução de R$ 83 milhões para R$ 58 milhões.

O Estado de S.Paulo

10 de dezembro de 2011 | 03h08

A HAP contestou a denúncia feita ao Ministério Público Estadual de que o orçamento inicial para a construção de habitações populares teria sofrido reajuste, de R$ 90 milhões para R$ 120 milhões, elevando o custo para os cofres públicos.

O MP mineiro instaurou inquérito - que está em andamento - para investigar a denúncia.

Conforme a HAP, a redução ocorreu por causa da "não remoção de algumas famílias que habitavam as áreas do aglomerado onde estavam previstas obras".

A construtora observa também que o projeto previa outras intervenções além da construção de unidades habitacionais. A prefeitura de BH não se pronunciou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.