Haddad vota na zona sul de São Paulo sob vaias e gritos de eleitores

Haddad vota na zona sul de São Paulo sob vaias e gritos de eleitores

Prefeito de São Paulo votou em um colégio particular de Moema, onde muitos dos eleitores compareceram com adesivos de Aécio Neves e vestidos com uniformes da seleção

Bruno Ribeiro, O Estado de S. Paulo

26 de outubro de 2014 | 11h02

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), ouviu vaia, gritos a favor de Aécio Neves (PSDB) e também foi abordado para tirar foto com eleitores na manhã deste domingo, 26. Ele votou em um colégio particular de Moema, zona sul da capital, onde muitos dos eleitores compareceram com adesivos do candidato tucano e vestidos com uniformes da seleção.

O prefeito evitou temas polêmicos. Questionado sobre eventuais impactos nas urnas da edição deste fim de semana da revista Veja, Haddad afirmou que "o importante foi a decisão da Justiça", que concedeu direito de resposta à coligação de Dilma Rousseff. 

Já ao ser perguntado sobre o desempenho do PT nas eleições, que diminuiu de tamanho no congresso e perdeu eleitorado em São Paulo, Haddad afirmou que "Dilma venceu o debate de idéias" da campanha, sem fazer mais comentários. 

O prefeito não tem agenda pública neste domingo, mas deve acompanhar as eleições com colegas de partido, em um hotel da região central da cidade.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesFernando Haddad

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.