Haddad nega relação entre eleições e indicação de Marta

Candidato diz que senadora é boa escolha para ocupar cargo no Ministério da Cultura

Daiene Cardoso, da Agência Estado

11 de setembro de 2012 | 17h38

O candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, disse que a indicação da senadora Marta Suplicy para o Ministério da Cultura não tem relação com a adesão da petista à sua campanha. "Quem conhece a presidenta Dilma sabe que não existe esse tipo de toma-lá-dá-cá", afirmou na tarde desta terça-feira,11, durante plenária no sindicato dos bancários em São Paulo.

Para o petista, Marta é um bom quadro para ocupar o Ministério da Cultura, uma vez que ela teria deixado um legado importante na área quando foi prefeita de São Paulo. "Se tivesse tido a ver com a minha campanha, isso teria sido feito muitos meses antes", enfatizou.

Haddad participa na tarde desta terça do primeiro evento público de campanha com seu principal cabo eleitoral e padrinho político, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2012SPHaddadMarta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.