Haddad diz esperar Marta na campanha eleitoral

Pré-candidato do PT afirmou que a senadora vai entrar no momento certo

Fernando Gallo,

13 de junho de 2012 | 11h49

Depois de ter afirmado que ficou chateado com a ausência da senadora Marta Suplicy no lançamento de sua pré-candidatura, o ex-ministro da Educação, Fernando Haddad, afirmou que é preciso dar tempo à senadora e que Marta entrará no momento certo.

"Nós nos encontramos em uma festa na semana passada, ela foi muito simpática, vamos dar tempo ao tempo. A Marta vai entrar no momento devido", disse Haddad.

Contudo, para amenizar a ausência da senadora, o pré-candidato afirmou que a campanha conta com outros protagonistas dentro do PT, como Lula e a militância do partido. Haddad confirmou o encontro que o ex-presidente Lula terá com o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, na sexta-feira em São Paulo, e disse ter "expectativas" a respeito da reunião.

"Temos expectativas, mas o anúncio deve ser feito por ele", disse Haddad em referência ao aguardado aviso do PSB de que apoiará o PT na capital paulista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.