Haddad copia vereador eleito e busca voto 'pet'

Núcleo jovem da campanha prepara panfleto sobre defesa dos animais, após Tripoli liderar corrida por vaga na Câmara com mesmo mote

BRUNO LUPION, O Estado de S.Paulo

14 de outubro de 2012 | 03h10

Os 132.312 eleitores que fizeram do vereador Roberto Tripoli (PV) o campeão de votos nas eleições municipais deste ano, com uma plataforma voltada à defesa dos animais, atraíram a atenção da campanha do candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad.

Com um panfleto desenvolvido especialmente para o público que reivindica políticas públicas para cachorros, gatos e outros animais domésticos, o núcleo jovem da campanha petista sai a campo nesta semana para visitar feiras de adoção e centros comerciais do mercado pet.

O grupo é liderado pelo filho de Haddad, o estudante Frederico, de 20 anos, e planeja também uma ação na Pet South America, feira internacional de serviços para os animais que será aberta nesta terça-feira, no Expo Center Norte.

Ex-tucano e presidente da Câmara Municipal entre 2005 e 2006, Tripoli espalhou cavaletes pela cidade e cartazes por pet shops com seu nome, número e a foto de um cachorro da raça border collie. Nas ruas, era um candidato sem rosto, mas se tornou o vereador mais votado da cidade. Sua principal meta: criar hospitais gratuitos para cães e gatos em bairros da periferia.

Banho quente. Moradores de rua acompanhados dia e noite por seus cachorros são um dos alvos da plataforma de governo de Haddad. Se eleito, o petista promete capacitar os albergues municipais para receber os animais dos usuários desse serviço.

A restrição aos animais em albergues é considerada um dos entraves para o acolhimento de moradores de rua. O serviço chegou a ser oferecido no Projeto Oficina Boracea, nos Campos Elísios, no centro. Quando inaugurado, em 2003, o espaço tinha canil com água quente para o banho dos cachorros dos moradores de rua, mas o serviço foi descontinuado.

Outras ideias do petista para conquistar o eleitor sensível aos animais são campanhas de vacinação com viaturas móveis e programas de castração voluntária gratuita. Haddad também promete esforço para conscientizar a população para não abandonar animais nas ruas e nos parques.

Esta não será, porém, a estreia do petista para capitalizar a atenção dos defensores dos animais. O segundo programa eleitoral exibido na TV por Haddad, que apresentava sua família, deu destaque ao labrador caramelo Stick, seu animal de estimação. Stick também já participou de agendas públicas do petista, como a caminhada do Grito dos Excluídos, realizada na zona sul.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições2012

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.