Grupo tem 48 horas para deixar fazenda

O juiz Francisco José Gomes, de Pirapozinho, no interior de São Paulo, deu ontem prazo de 48 horas para que os militantes do MST deixem a Fazenda São Domingos, invadida no sábado, em Sandovalina. Há um forte clima de tensão naquela área. Os proprietários, que pediram na Justiça a reintegração de posse, acusam os invasores de terem destruído bens da fazenda e feito ameaças. A coordenação do MST, porém, nega. Se não houver saída pacífica, a Polícia Militar será mobilizada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.