Grupo exige reunião com ministros para deixar sede do PT

Um grupo de 30 índios da tribo caingangue da região de Mangueirinha, no sudoeste paranaense, desocupou ontem à noite a sede estadual do PT em Curitiba após confirmar audiência no dia 11 com os ministros José Eduardo Cardozo (Justiça) e Gleisi Hoffmann (Casa Civil). Também houve protestos de indígenas em Seara (SC) e em Paranaguá, no litoral paranaense.

O Estado de S.Paulo

04 Junho 2013 | 02h00

A ocupação ocorreu em protesto à suspensão de 11 processos de reconhecimento de terras indígenas no Estado. Eles criticam a posição da ministra Gleisi, que apoiou a decisão de suspender os processos demarcatórios. "Esperamos que essa posição seja revista. As demarcações aconteciam com FHC e depois, no governo Lula, tudo parou, com poucas exceções. Pedimos que a presidente Dilma assuma isso e mantenha as demarcações", disse o líder caingangue Romancil Cretã.

No RS, tribos caingangues bloquearam três rodovias do norte do Estado, interrompendo o tráfego entre Passo Fundo e Lagoa Vermelha. / JULIO CESAR LIMA ESPECIAL PARA O ESTADO, e ELDER OGLIARI

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.