Grupo da petista decide apoiar ministro em 2012

Dois dias após a petista Marta Suplicy desistir de concorrer à Prefeitura de São Paulo no ano que vem, os aliados da senadora devem anunciar o apoio formal do grupo à candidatura do ministro Fernando Haddad (Educação). O encontro, marcado para hoje, deve reunir Haddad e sete deputados (estaduais e federais) em um restaurante da zona sul na capital paulista.

O Estado de S.Paulo

05 de novembro de 2011 | 03h01

"Hoje Haddad significa a unidade do PT", justificou ontem o deputado federal José Mentor. "Amanhã (hoje) teremos almoço para explicitar nosso apoio a ele", afirmou. Segundo ele, devem participar do almoço com Haddad os deputados estaduais Antonio Mentor, João Antonio, Donisete Braga, Luiz Cláudio Marcolino e os federais Cândido Vaccarezza, José Mentor e João Paulo Cunha.

Embora o grupo não tenha sido consultado por Marta sobre o apelo da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Mentor negou que os deputados tenham negociado apoio ao ministro antes da declaração da senadora. "Ficamos no aguardo dela", afirmou. "Agora vamos apoiar o Haddad para ganhar a eleição."

Assim como a senadora não conversou com seus aliados antes de anunciar a desistência, os parlamentares preferiram não consultá-la sobre o apoio ao ministro. / DAIENE CARDOSO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.