Governo foi alertado sobre ação combinada de empresas, diz revista

Documentos publicados neste final de semana pela revista IstoÉ mostram que a cúpula do governo paulista foi alertada em pelo menos três oportunidades a respeito das suspeitas de existência de um cartel de empresas atuando em contratos de transportes metropolitanos. Os alertas foram feitos, segundo os papéis, entre agosto de 2008 e setembro de 2010, durante os governos José Serra e de seu vice Alberto Goldman, que assumiu no final do mandato - ambos do PSDB. São documentos do Tribunal de Contas do Estado e do Ministério Público Estadual enviados, segundo a reportagem, aos presidentes do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.