Governo desconta salário de grevistas

O governo mandou os órgãos federais cortarem o ponto de servidores em greve. Segundo a Agência Brasil, a ordem passada ontem pelo Ministério do Planejamento aos gestores de recursos humanos é que cada repartição decidirá a data de início do desconto nos salários dos grevistas. O governo não vai interromper as negociações com as entidades que representam os servidores e espera definir um eventual reajuste até 31 de julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.