Governança melhorou, diz Casa Civil

Pasta também lista como resultados obtidos até agora melhorias nos processos de aeroportos e implantação de modelo de gestão no Ministério dos Transportes e da Cultura

Iuri Dantas, O Estado de S. Paulo

16 de setembro de 2014 | 03h00

Por meio de nota, a Casa Civil da Presidência da República informou que foram realizadas 13 reuniões ordinárias e duas extraordinárias da Câmara de Gestão. Segundo a Casa Civil, “a Presidência da República elegeu as áreas Saúde, Justiça, Correios e Aeroportos como prioridades iniciais” da câmara. A pasta também listou como resultados obtidos até o momento a melhoria da governança na própria Casa Civil, melhorias nos processos de aeroportos, implantação de modelo de gestão no Ministério dos Transportes e da Cultura. 

Além disso, foi feita a “estruturação organizacional e de processos” da Empresa de Planejamento e Logística e “diagnóstico dos gargalos de logística para 10 cadeias produtivas”. Segundo o governo, a governança foi melhorada na Justiça, e o Planejamento fez um “diagnóstico de maturidade em gestão da estratégia” em 30 ministérios e dois órgãos. A Saúde, ainda segundo a Casa Civil, houve “redesenho de processos (...) na frente de Logística dos Insumos Estratégicos (remédios e equipamentos)”. Os Correios fizeram “reestruturação organizacional e de processos”. A Infraero, estatal dos aeroportos, também passou por reestruturação, assim como a Agência Nacional de vigilância Sanitária (Anvisa).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.