Governador diz que PSB está de braços abertos para Calmon

O governador Eduardo Campos convidou publicamente ontem a ex-corregedora nacional de Justiça Eliana Calmon a ingressar no PSB. "Se ela resolver largar a magistratura e resolver entrar na vida pública sabe que será muito bem vinda, será uma alegria", disse Campos, potencial candidato ao Planalto em 2014.

O Estado de S.Paulo

23 de fevereiro de 2013 | 02h06

O governador, que é presidente nacional do PSB, conta com Eliana Calmon para formar palanques estaduais. Sua ideia é que a magistrada dispute ou o Senado ou o governo da Bahia em 2014, fortalecendo assim uma eventual candidatura sua à Presidência.

A estratégia foi revelada ontem pelo Estado. "Não é um projeto que começou numa eleição, a gente teve crescimento sequenciado com início em 2004", disse Campos em Gravatá, no interior pernambucano, onde participa de seminários com prefeitos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.