Epitácio Pessoa / Estadão
Epitácio Pessoa / Estadão

Gestão da prefeita do PSL vira alvo no último debate entre candidatos em Sorocaba

Jaqueline Coutinho, que assumiu a prefeitura há cerca de um ano após a cassação de José Crespo (DEM), se defendeu dizendo que no pouco espaço de tempo saneou as contas do município

José Maria Tomazela, Sorocaba

12 de novembro de 2020 | 23h05

SOROCABA – A gestão da prefeita Jaqueline Coutinho, candidata à reeleição pelo PSL, foi o alvo principal dos adversários no último debate entre os candidatos à prefeitura de Sorocaba, na noite desta quinta-feira (12). As críticas mais fortes partiram da candidata  Maria Lúcia Amary (PSDB), para quem a cidade teve “quatro anos de desgoverno”, devido a traições, intrigas e brigas políticas. “Sorocaba ficou quatro anos nas páginas policiais”, disse. Renan Santos (PDT) que prometeu passar "um pente muito fino" nos contratos e gastos municipais.

 Jaqueline, que assumiu a prefeitura há um ano, após a cassação do então prefeito José Crespo (DEM), se defendeu afirmando que, nesse curto período, e apesar da pandemia, sanou as contas e conseguiu atrair 4 mil empresas à cidade. Raul Marcelo (PSOL) também atacou a gestão de Jaqueline pela troca constante de cargos em postos-chave. Rodrigo Manga (Republicanos), apontou o aumento de moradores de rua e proliferação das cracolândias, criticando os programas sociais do governo municipal.

Os oito candidatos candidatos que disputam a prefeitura de Sorocaba compareceram ao debate promovido pelo jornal Cruzeiro do Sul. Os concorrentes apresentaram propostas, responderam a perguntas de estudantes e fizeram perguntas entre si. Flaviano Lima, do Avante, e Dr. Leandro Fonseca, do DEM, disseram que o encontro foi importante para que o eleitor conhecesse melhor os candidatos. Carlos Pepper, do Solidariedade, chamou a atenção cantando música de Raul Seixas durante sua apresentação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.