Gabeira acusa Paes de fazer 'campanha suja'

Candidato do PV apontou a ligação de peemedebistas com a distribuição de material apócrifo

Luciana Nunes Leal, de O Estado de S.Paulo

17 de outubro de 2008 | 13h54

O candidato do PV à prefeitura do Rio,  Fernando Gabeira, acusou o adversário Eduardo Paes, do PMDB, de fazer "campanha suja" neste segundo turno. Gabeira apontou a ligação de peemedebistas com a distribuição de material apócrifo e citou reportagem desta sexta-feira do Estado que mostra um comitê da campanha de Paes onde podiam ser obtidas faixas apócrifas com a inscrição "Sou suburbano com muito orgulho". "O que aparece para a população é a campanha suja. A punição é a devastação política. A punição na Justiça é secundária", disse Gabeira nesta manhã.   Veja Também: Especial: Perfil dos candidatos do Rio Geografia do voto: confira desempenho dos partidos nas eleições ‘Eu prometo’ traz as promessas dos candidatos na campanha   Paes reafirmou que a orientação em sua campanha é de não distribuir qualquer propaganda que não identifique o candidato e a coligação que o apóia. No entanto, procurou minimizar o envolvimento dos cabos eleitorais do PMDB na campanha anti-Gabeira.     "Faixa dizendo 'sou suburbano com muito orgulho' não é contra ninguém. A não ser que a gente tenha chegado à conclusão que o deputado Gabeira não gosta das pessoas de moram no subúrbio e acho que não é o caso. A orientação é fazer uma campanha propositiva. Ninguém tem sido mais vítima de material apócrifo como eu, mas não faço disso um cavalo de batalha", declarou. Os dois candidatos participaram de debate na rádio CBN, na manhã de hoje.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.