Força Nacional garante segurança em eleição na fronteira com Paraguai

Segundo portaria do Ministério da Justiça, equipe terá missão de garantir ordem pública e facilitar acesso dos 'brasiguaios' às seções

José Maria Tomazela, ENVIADO ESPECIAL

25 de outubro de 2014 | 12h35

CAMPO GRANDE - Homens da Força Nacional de Segurança ocupam a fronteira entre o Brasil e o Paraguai, em Ponta Porã (MS) para garantir a segurança durante a eleição deste domingo (25).

A cidade, a 324 km de Campo Grande, é conurbada com a paraguaia Pedro Juan Caballero e muitos eleitores brasileiros moram no lado paraguaio. De acordo com portaria do Ministério da Justiça, a missão da força será garantir a ordem pública e facilitar o acesso dos 'brasiguaios' às seções eleitorais.

Nas duas zonas eleitorais que ficam na linha de fronteira votam 58 mil pessoas. A Força Nacional estará também nas fronteiriças Porto Murtinho e Corumbá - esta cidade também faz fronteira com a Bolívia.


Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.