'Fomos condenados, mas vamos salvar o projeto', diz Dirceu

Enquanto o Supremo discutia ontem a prisão dos condenados no mensalão, o ex-ministro José Dirceu circulava com desenvoltura na reunião da corrente majoritária do PT, Construindo um Novo Brasil. A portas fechadas, ele criticou juízes do STF e disse ser necessário defender o governo Dilma Rousseff. "Nós fomos condenados, mas vamos salvar o projeto", conclamou, de acordo com relato de participantes do encontro. Dirceu foi condenado a 10 anos e 10 meses de prisão.

O Estado de S.Paulo

06 de dezembro de 2012 | 23h52

Na reunião marcada para hoje e amanhã, em Brasília, o Diretório Nacional do PT vai propor uma campanha de iniciativa popular pela reforma político-eleitoral. O partido também queria pôr na pauta a reforma do Judiciário, mas o governo pediu cautela para que o episódio não se transforme em combate institucional. / VERA ROSA

Tudo o que sabemos sobre:
mensalaoJoaquim Barbosa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.