Filho afirma que Dirceu vive 'pior dos mundos'

Zeca diz que pai está preparado para enfrentar prisão e que não seria surpreendido se isso ocorrer antes de recursos

TÂNIA MONTEIRO / BRASÍLIA, O Estado de S.Paulo

21 de dezembro de 2012 | 02h16

O deputado federal Zeca Dirceu (PT-PR), filho do ex-ministro José Dirceu, condenado a 10 anos e 10 meses no processo do mensalão, disse ontem que há 60 dias ele e sua família "estão vivendo o pior dos mundos". Segundo ele, qualquer que seja a decisão do Supremo Tribunal Federal sobre o pedido de prisão imediata dos condenados no processo "não será surpresa".

O petista assegurou que seu pai não está aflito ou abatido com a expectativa de ter a sua prisão decretada a qualquer momento, em decorrência do fim do julgamento do mensalão pelo Supremo. "Ele está igual a mim, preparado para o pior dos mundos", reiterou Zeca, ao afirmar que o ex-ministro não é de se lamentar sobre o que está acontecendo. "Ele não é de se queixar, nem de ficar abatido. Ele está determinado a enfrentar tudo. Há 60 dias nós estamos preparados para o pior dos mundos. Então, tudo que acontecer, não será surpresa nenhuma", afirmou.

Questionado se considerava que a defesa de Dirceu estava sendo prejudicada, como o ex-ministro havia reclamado, o deputado foi taxativo: "A defesa vem sendo prejudicada com muitas posturas há vários meses".

Diante da insistência da imprensa em questioná-lo sobre a possibilidade de o presidente do Supremo, Joaquim Barbosa, poder decidir monocraticamente pela prisão imediata de Dirceu e dos outros condenados, o deputado repetiu: "Há 60 dias eu estou preparado para o pior dos mundos. Nenhuma decisão será surpresa para nós".

Zeca, que foi citado pela presidente Dilma Rousseff em seu discurso ao listar os parlamentares presentes na cerimônia de anúncio do programa de investimentos em aeroportos, contou que a cumprimentou rapidamente, no final da cerimônia, e que os dois não falaram sobre a situação de seu pai. "Trocamos um feliz Natal e ótimo 2013, rapidamente", comentou, lembrando que "de maneira alguma" falaram de José Dirceu. "A presidente está ocupada com coisas importantes para o País, como esta boa notícia que foi anunciada hoje (de investimentos em aeroportos)."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.