Fetter Júnior (PP) é eleito prefeito de Pelotas

Com 56,72% dos votos válidos, candidato vence o petista Fernando Marroni, que conquistou 43,28%

Da Redação, estadao.com.br

26 de outubro de 2008 | 19h39

O candidato Fetter Júnior, do PP, venceu neste domingo, 26, a disputa pela Prefeitura de Pelotas (RS). Com 56,72% dos votos válidos, ele derrotou Fernando Marroni, do PT, que conquistou 43,28%.   Veja também: Confira como foi a cobertura no blog tempo real  Geografia do voto: desempenho dos partidos no País  Cobertura completa das eleições 2008  Eu prometo: Veja as promessas de campanha dos candidatos Acompanhe a apuração em tempo real Tire suas dúvidas sobre as eleições       O pleito em Pelotas foi um dos mais disputados no Rio Grande do Sul. Foram nove candidatos a prefeito e 194 tentaram as 15 vagas destinadas à Câmara Municipal. Marroni fechou o primeiro turno com 65.109 votos (33,71%) enquanto Fetter obteve 64.444 votos (33,36%). A diferença foi de apenas 665 votos.   Ex-prefeito do município (2001-2004), Marroni, de 53 anos, contou com apoios importantes na disputa, como o da ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. Fetter Júnior foi atrás do apoio de Matteo Chiarelli (DEM), o 3.º colocado no primeiro turno.   A forte disputa em Pelotas não é de hoje. Quando Marroni se elegeu prefeito venceu a mulher do candidato do PP, Leila Fetter. Em 2004, foi a vez do petista perder a eleição para a chapa liderada pelo então candidato Bernardo de Souza (PMDB), da qual Fetter Junior era o vice. Em razão de uma doença do peemedebista, o progressista acabou assumindo a prefeitura e agora busca a reeleição.   (Augusto Santos, da Agência Estado, e Elder Ogliari, de O Estado de S. Paulo)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.