Executiva do PTN quer afastar dirigente

Em nota, a Executiva Nacional do PTN disse que o partido desconhece qualquer negociação financeira ilícita envolvendo apoio político nos Estados e "repudia com veemência toda conduta ilegal ou imoral". A nota destaca que o presidente nacional do PTN, José Masci de Abreu, tomou medidas administrativas para afastar Jorge Sanfins Esch do partido, que se mantém no cargo por meio de decisão liminar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.