Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook

Ex-ministro de Dilma é eleito pela terceira vez em Araraquara

Edinho Silva comandou o município paulista entre 2001 e 2008

Gustavo Porto, O Estado de S.Paulo

02 de outubro de 2016 | 21h21

O ex-ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência República no governo Dilma Rousseff (PT) e tesoureiro da campanha da ex-presidente à reeleição, Edinho Silva (PT), foi eleito neste domingo para o terceiro mandato como prefeito de Araraquara (SP). Edinho comandou o município paulista entre 2001 e 2008 e obteve 41.220 votos, ou 41,71%.

Com pouco menos de 164 mil eleitores, Araraquara não tem segundo turno, já que o mínimo exigido é de 200 mil eleitores. Na segunda colocação ficou sua ex-mulher e vereadora Edna Martins (PSDB), com 28.595 votos, ou 28,93%. Edna foi afastada do cargo por infidelidade partidária, já que trocou o PV, pelo qual foi eleita, pelo PSDB. Em seguida ficou Aluísio Boi (PMDB), com 12.417 mil votos (12,56%); Nino Menegatti (PSB), com 8.431 votos (8,53%); Celio Pelicari (PSOL) obteve 5.517 votos (5,58%) e João Farias (PRB), com 2.648 votos (2,68%).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.