Ex-doleiro de Maluf entra na lista da Interpol

Após o ex-prefeito e deputado federal Paulo Maluf (PP), a Interpol (Polícia Internacional) decidiu lançar o nome de Vivaldo Alves, o Birigui - apontado pela promotoria como doleiro de Maluf - na difusão vermelha, índex dos mais procurados em 190 países. A difusão vermelha é o alerta máximo da Interpol e limita os deslocamentos do alvo, que pode ser preso se ingressar em território que integra a comunidade policial.

O Estado de S.Paulo

29 de maio de 2012 | 03h06

A Promotoria de Nova York acusa Birigui de ter transferido, nos anos 1990, US$ 4,2 milhões para conta da família Maluf no Safra National Bank. Birigui desistiu de depor na Corte da Ilha de Jersey, em ação da Prefeitura de São Paulo que pede repatriação de US$ 22 milhões depositados em contas de offshores atribuídas a Maluf - o deputado nega ter dinheiro no exterior e há dois anos está na difusão vermelha.

"O relato (de Birigui) seria importante porque ele movimentou mais de US$ 150 milhões desviados cofres públicos", avalia o promotor Silvio Marques, de São Paulo. O advogado Marcos Montemor, que defende Birigui, sugeriu que ele deponha no Brasil, por videoconferência. "Vamos aguardar o pronunciamento do promotor de NY." / F.M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.