Ex-diretor aponta problemas em contratos em vigor

O Metrô assinou dois contratos para a execução do mesmo serviço, a reforma do sistema de freios de 98 trens da rede, segundo depoimento de Sergio Correa Brasil, ex-diretor de operações do Metrô, ao Ministério Público Estadual. O depoimento está no inquérito que apura irregularidades na reforma e na manutenção dos trens. Os contratos foram assinados entre 2008 e 2011.

Bruno Ribeiro, O Estado de S.Paulo

05 Dezembro 2013 | 02h02

Brasil era diretor em 2008 e é o executivo que assinou os contratos para reforma. Anteontem, o Ministério Público recomendou ao Metrô a suspensão de dez contratos relacionados à reformados trens. Não há perspectiva de o pedido ser atendido. O secretário de Estado dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, defendeu ontem a reforma dos trens feita por São Paulo. "Talvez o mundo tenha que aprender conosco", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.