Ex-assessora pediu favores a Vaccari Neto

E-mails interceptados durante a Operação Porto Seguro mostram que Rosemary Noronha pedia favores financeiros ao então presidente da Bancoop, João Vaccari Neto, que é suspeito de estelionato, apropriação indébita, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha no caso envolvendo desvios de recursos da cooperativa ligada ao Sindicato dos Bancários.

BRASÍLIA, O Estado de S.Paulo

03 de dezembro de 2012 | 02h04

Em abril de 2009, Rose enviou uma lista de pendências para Paulo Vieira, um deles faz referência ao petista. "O juros daquela prestação é de R$ 1,7 mil. Será que você não consegue resolver para que não tenhamos que gastar esse valor? Vou ligar para o Vaccari e pedir um adiantamento." Dias depois, Vieira também cita Vaccari. Ao lado do nome do petista, Vieira diz a Rose: "Estou no aguardo dos dados para tomar as providências".

A PF também encontrou boletos da Bancoop em nome de Rose. O documento, no valor de R$ 13.805,33, é referente ao imóvel Torres da Mooca. / ALANA RIZZO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.