Estamos esperando Aécio, diz aliado de Marina

Segundo Walter Feldman, candidato tucano ainda não procurou a ex-ministra para falar sobre as exigências de ajuste no plano de governo para confirmar apoio no 2º turno

Ana Fernandes e Stefânia Akel, Agência Estado

10 de outubro de 2014 | 14h35

São Paulo - O deputado licenciado Walter Feldman, aliado de Marina Silva (PSB), informou no início da tarde desta sexta-feira, 10, que a ex-ministra ainda não foi contatada por Aécio Neves (PSDB) ou por interlocutores do candidato tucano para falar sobre o documento enviado com pontos programáticos que podem balizar um apoio de segundo turno. "Estamos esperando Aécio se pronunciar", afirmou.

Feldman negou que a ex-ministra tenha colocado um prazo para ter respostas sobre suas demandas e disse acreditar que Aécio vá se manifestar em breve. "Acho que ele deve fazer (contato) o mais rápido possível."

Ontem Feldman entregou um documento de Marina e outro da Rede Sustentabilidade, partido que ela tentou criar, com pontos a serem considerados pelos tucanos. A entrega foi feita no meio da tarde ao deputado Marcus Pestana (PSDB-MG).

Nesta manhã, Marina permaneceu em casa e recebeu a visita de Bazileu Margarido e outros assessores.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesMarina SilvaAécio Neves

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.