Antonio Augusto/TSE
Antonio Augusto/TSE

‘Estadão’ e FAAP promovem sabatinas com candidatos à Presidência e ao governo de SP

Eventos, que ocorrerão em agosto e setembro, vão receber os postulantes aos Palácio do Planalto e ao Palácio dos Bandeirantes

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de abril de 2022 | 05h00

Em parceria com a Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), o Estadão vai realizar sabatinas com os candidatos à Presidência da República e ao governo de São Paulo nas eleições deste ano. A série de encontros Estadão-FAAP ocorrerá na sede da fundação, na capital paulista, em dois períodos ao longo de agosto e setembro.

As sabatinas serão transmitidas pelas plataformas digitais do Estadão, incluindo cobertura e transmissão também pela Rádio Eldorado. A FAAP fará a transmissão do evento em seus canais digitais.

“As eleições deste ano terão singular importância na história do Brasil. No caso das disputas majoritárias, poderão iluminar uma rota que dará ao País a chance de se afastar das armadilhas da intolerância política, reforçando seus compromissos com valores democráticos e republicanos”, afirmou o diretor de Jornalismo do Grupo Estado, Eurípedes Alcântara. “Conhecer e explorar as propostas e visões dos candidatos é fator fundamental para o voto consciente. Contribuir para isso é o objetivo da parceria Estadão e Rádio Eldorado com a FAAP nas sabatinas com os candidatos à Presidência e ao governo de São Paulo.”

Para a presidente do Conselho de Curadores da FAAP, Celita Procópio de Carvalho, a realização das sabatinas “assume especial importância, visto que os últimos anos têm sido marcados pela intensificação do fenômeno da desinformação”. “Para uma instituição de ensino, é oportunidade única de oferecer aos estudantes a experiência do debate sério e plural. Mas, sobretudo, é com o sentimento de cumprir um dever cívico que a FAAP, mais uma vez, se junta ao Estadão para propiciar à sociedade a oportunidade de obter, de cada candidato, as informações que precisa para decidir seu voto e exercer sua cidadania plena”, disse Celita. “O formato das sabatinas, plural e apartidário, permite a cada candidato expor com clareza propostas e responder a questionamentos dos jornalistas e da sociedade sobre seus atos e a viabilidade do seu programa de governo.”

Participarão das sabatinas os seis candidatos mais bem colocados nas principais pesquisas. Os nomes vão ser definidos por meio de cálculo das médias dos resultados das pesquisas eleitorais obtidas pelo Estadão até 8 de julho. A ordem e as datas das entrevistas serão sorteadas em reunião com as campanhas no dia 15 de julho. Já foram realizados os primeiros encontros com as pré-campanhas para definição de regras e datas.

A sabatina terá duração de 120 minutos, com início às 10h, nos dias 17, 18, 19, 22, 23 e 24 de agosto, no caso dos candidatos ao governo paulista, e 14, 15, 16, 19, 20 e 21 de setembro no caso dos candidatos ao Palácio do Planalto.

Os eventos serão realizados em formato presencial, com plateia, respeitando os protocolos de segurança sanitária. No auditório estarão presentes convidados do candidato, da FAAP e do Estadão previamente credenciados.

Jornalistas do Estadão e da Rádio Eldorado e um professor da FAAP farão perguntas. A mediação será de um jornalista do Estadão. Haverá, ainda, a apresentação de perguntas previamente recolhidas entre líderes da sociedade civil.

O Estadão e a Rádio Eldorado também vão promover debates com os candidatos em uma parceria com o SBT, a revista Veja e a rádio NovaBrasil FM. A previsão é de que os eventos ocorram em setembro – no dia 17 para o governo paulista e no dia 24 para a Presidência. Em caso de segundo turno, as datas previstas são 15 de outubro (governo) e 24 de outubro (Presidência). 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.