Espaço usado pelo evento foi 'isento de taxa de ocupação'

O MST e a Associação Brasil Popular (Abrapo) ocuparam as áreas interna e externa do ginásio Nilson Nelson, na região central de Brasília, sem ter de fazer qualquer pagamento ao governo do Distrito Federal. A autorização de "isenção total da taxa de ocupação" tem a assinatura do governador, Agnelo Queiroz (PT-DF). O ato relativo à parte ocupada pela Abrapo diz que o evento organizado pela entidade é "parte integrante do 6º Congresso Nacional do MST."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.