Escolha petista não obriga PSDB a se antecipar, diz Serra

O ex-governador José Serra (PSDB) afirmou ontem que a escolha do ministro da Educação, Fernando Haddad, como candidato do PT não vai apressar a escolha do PSDB de seu representante na disputa. Serra defendeu a realização de prévias para a definição do nome tucano que disputará o cargo e voltou a negar que tenha a intenção de concorrer à sucessão do prefeito Gilberto Kassab (PSD).

O Estado de S.Paulo

12 de novembro de 2011 | 03h05

As prévias do PSDB estão marcadas para o dia 15 de janeiro, mas há alas do partido, ligadas ao governador Geraldo Alckmin, que defendem o adiamento da escolha. Na avaliação de Serra, a prévia "mobiliza todo o partido e toda a militância". São pré-candidatos do PSDB Ricardo Trípoli, Andrea Matarazzo, José Aníbal e Bruno Covas. / ANNE WARTH (AE)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.