Amanda Perobelli/Estadão
Amanda Perobelli/Estadão

Escola de São Paulo procura dono de chave perdida no 1º turno

Aviso em colégio da zona leste da capital paulista alerta para chaveiro esquecido no local, onde votam cerca de 12 mil eleitores

Laura Maia de Castro, O Estado de S. Paulo

26 de outubro de 2014 | 09h21

SÃO PAULO - No meio da movimentação dos eleitores na Escola Estadual Cidade de Hiroshima, no Jardim Nossa Senhora do Carmo, na zona leste de São Paulo, onde votam cerca de 12 mil pessoas, uma sacolinha chama a atenção de quem desce as escadarias. Trata-se de uma chave perdida no primeiro turno que a coordenadora da escola pendurou ali com um bilhetinho.

"Vamos ver se achamos o dono. Todos os eleitores têm de passar por esse local e pode ser que o dono reconheça o chaveiro. Tomara", disse com bom humor a coordenadora Eunice Souza, de 46 anos.
Tudo o que sabemos sobre:
EleiçõesSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.