Erundina reafirma rejeição à aliança, mas defende Lula

Deputada diz que aliança com o partido de Maluf não diminui os créditos de Lula: 'nenhum de nós vai acertar sempre'

Eduardo Bresciani, do estadão.com.br

21 de junho de 2012 | 13h15

A deputada Luiza Erundina (PSB-SP) reafirmou nesta quinta-feira, 21, que não há como dividir o palanque com Paulo Maluf (PP), adversário histórico da oposição, referindo-se à sua desistência em participar da chapa de Fernando Haddad (PT) para a disputa pela Prefeitura de São Paulo, após o acordo fechado entre o PT e o PP. A decisão colocou Erundina no foco das atenções nos últimos dias.

A deputada ressaltou, no entanto, que a atitude do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em formalizar a aliança para aumentar a participação do candidato na TV não diminui os méritos dele. "Nenhum de nós vai acertar sempre. Não é por um fato isolado que se neutraliza ou diminui tudo o que o Lula já fez", disse Erundina, que esteve hoje na OAB para tratar de homenagem aos advogados que atuaram na defesa de presos políticos, durante a ditadura militar.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2012SPLuiza ErundinaLulaPT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.