Em último programa, Marta traz Supla; Kassab fecha com Serra

Petista encerrou programa com apoio dos filhos e o candidato do DEM contou com a participação do governador

Andréia Sadi, do estadao.com.br

24 de outubro de 2008 | 18h21

Sem a presença do presidente Lula, a candidata do PT,  Marta Suplicy, encerrou o seu programa eleitoral no rádio com o apoio dos filhos Supla e João. "São Paulo merece uma prefeita como você, que trabalha e não vai dar moleza. Rock'n Roll nas urnas!", elogia o filho Supla.   Veja também: Analista político comenta o resultado da pesquisa Ibope  Marta cai e Kassab amplia 17 pontos de vantagem sobre petista Especial: Perfil dos candidatos em São Paulo  'Eu prometo' traz as promessas dos candidatos  Geografia do voto: Desempenho dos partidos nas cidades brasileiras  Confira o resultado eleitoral nas capitais do País   O irmão, com quem Supla faz parceria na banda Brother Of Brazil, perguntou a Marta detalhes da campanha e finalizou a sua participação com o "chorinho do neto" da petista. "Confesso que estou emocionada, o apoio da família é o melhor apoio do mundo", disse a petista.   Ela bateu ainda no passado do prefeito e pediu ao eleitor que "compare" antes de votar. "Compara e saber qual o passado do candidato, se ele tem caráter, é importante conhecer e comparar a história de cada um".   Já o prefeito  Gilberto Kassab (DEM) contou com a presença do governador José Serra, que foi só elogios. "Em toda a minha vida, estive ao lado de pessoas íntegras e honestas. Gilberto Kassab tem todas as qualidades- é competente, tranqüilo e cumpridor. Ele na prefeitura é a garantia de trabalhar junto com o governo do Estado em benefício da população da cidade de São Paulo. Ele tem todo o meu apoio e o de todo o PSDB".   O locutor do programa ressaltou que Kassab conta com o apoio de "todos os partidos". "A impressão que se tem é que está todo mundo com o ele, acima dos partidos".   Nem a crise financeira internacional o candidato deixou de fora: "Ele é engenheiro, economista e preparado. E, com essa crise, que já está até preocupando o presidente Lula, São Paulo vai precisar ainda mais de alguém como Kassab.   Os candidatos terão um ultimo encontro antes do segundo turno no domingo. Nesta noite, participarão de debate na TV Globo, a partir das 22 horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.